Alas Reiren – Iniciativa Ufes e Ifes Centro Serrano em Santa Maria do Jetibá

O Projeto
O Laboratório de Tecnologias de Apoio a Redes de Inovação – LabTAR/Ufes e a unidade do Instituto Federal do Espírito Santo em Santa Maria do Jetibá – Ifes Centro Serrano, iniciaram em 2018 parceria para desenvolver o projeto de extensão, hoje denominado Alas Reiren que significa “tudo limpo”, em idioma pomerano.

O projeto, ainda em curso, tem como objetivo promover o desenvolvimento de soluções inovadoras para questões ambientais e socioeconômicas da região identificadas pelo grupo de alunos e alunas do Ifes que participam voluntariamente do projeto. Mais especificamente, o projeto passou a focar especificamente na redução e melhor destinação dos resíduos sólidos domiciliares da região do entorno do Ifes, por escolha dos estudantes.

Local do projeto, Unidade Ifes Centro Serrano.

O projeto é realizado sob os princípios da cocriação, ou seja, dialogando e envolvendo a comunidade nos processos, pesquisas e decisões. As professoras Miriam de Magdala, do Departamento de Engenharia de Produção, Letícia Pedruzzi, do Departamento de Design e Roberta Lima Gomes, do Departamento de Informática, todas as três vinculadas ao LabTAR, e o professor Thiago Mello dos Reis, do Ifes, estão à frente do projeto.

 

A Região

A região de Santa Maria do Jetibá, no interior do estado do Espírito Santo, é nacionalmente conhecida por sua produção agrícola e aviária, em especial é o maior produtor de ovos do país, por ser o local das nascentes do Rio Santa Maria da Vitória que abastece a maior parte da região metropolitana e, ainda, por ser uma cidade bilíngue, sendo boa parte da sua população (verificar) de origem pomerana, que mantém intacto os seus próprios costumes e idioma.

 

1º Encontro

A primeira reunião com os envolvidos no projeto aconteceu na sexta-feira, dia 28 de agosto de 2018, em evento do formalização da parceria entre as instituições Ifes e Ufes no desenvolvimento do Projeto de Extensão. Participaram do evento professores e alunos vinculados a Ufes e ao Ifes Centro-Serrano.

O encontro aconteceu durante todo o dia, no Campus do Ifes, localizado próximo a região alvo de estudos do projeto. Durante a ação houve apresentações, dinâmicas, oficinas e palestras sobre os temas trabalhados com a comunidade acadêmica local.

Um grupo inicial de setenta alunos de diferentes turmas e idades, entre 14 e 17 anos, voluntariou-se para participar ativamente do projeto e foram instruídos a conduzir um levantamento de informações sobre a comunidade, a ser apresentado em um encontro posterior, marcado para novembro de 2018.

Fotos 28/08/18

 

2º Encontro
O Segundo encontro aconteceu no dia 26 de novembro de 2018, segunda-feira, em um evento de alinhamento e entregas do projeto. O evento contou com a presença e participação de dezenas de alunos do curso de administração da unidade do Ifes Centro Serrano.

Esta etapa consistiu na apresentação feita pelos alunos do levantamento feito por eles, entre agosto e novembro, usando entrevistas semi-estruturadas para melhor entendimento da comunidade pomerana. O foco foram costumes, atividades e percepções dos moradores da região quanto a questões relacionadas a alimentação e produção agrícola, uso de água e energia.

Mapeamento dos grupos, e regiões traçadas pelos alunos.
Durante o encontro, dirigido pelas professoras da Ufes Miriam de Magdala Pinto e Letícia Pedruzzi Fonseca, e pelo professor do Ifes Thiago Mello dos Reis, os alunos apresentaram os resultados de seus levantamentos e elaboraram um documento descritivo das principais características da região quanto aos aspectos abordados. Link Para a Apresentação.

Com esses dados, foi elaborado um mapa onde e é possível observar a divisões da área em regiões, de acordo com a percepção popular, pontos de interesse e a localização dos alunos participantes do projeto de extensão. Após essa etapa, o projeto entrou temporariamente em hiato, devido a contingenciamentos financeiros que afetaram a unidade onde estava sendo desenvolvido. Mas às pesquisas foram continuadas, com previsões para a retomada do projeto no ano seguinte.

Fotos 26/11/18

 

3º Encontro

Em 30 de setembro de 2019, às atividades foram retomadas. Novos alunos se ligaram ao projeto, juntando-se a alguns dos que participaram nas etapas anteriores. Neste encontro aconteceu uma visitação de alunos e professores aos arredores do Ifes Centro Serrano, para aprofundar a compreensão da realidade da região quanto a aspectos relacionados com alguns dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.

Foram 4 paradas para observação, registro fotográfico, anotação, entrevistas e conversas sobre os tópicos água e saneamento, lixo, energia, empreendimentos locais relevantes (granjas e produção de verduras, legumes e frutas) e seus impactos sobre o meio ambiente.

Os locais visitados foram as comunidades de Caramuru, Belém, Centro de Santa Maria e Alto São Luiz, no sítio Vale Verde. Ao fim da visita um formulário foi disponibilizado para que os alunos pudessem redigir e organizar suas anotações e impressões. Um novo encontro foi marcado para mês seguinte.

Fotos 30/09/19

 

4º Encontro

O encontro seguinte aconteceu em 21 de outubro de 2019. Foi realizada oficina com alunos e pesquisadores utilizando da metodologia Design Centrado no ser Humano (conhecido como HCD pela sigla em inglês para Human Centred Design). Durante o período de preparação para este encontro os alunos foram instruídos a se organizar e escolher um dos tópicos abordados nas pesquisas anteriores, dentre água e saneamento, resíduos sólidos, energia, empreendimentos.
Sendo assim, decidiu-se que o problema da destinação e do descarte do lixo na região deveria ser o primeiro o primeiro alvo de uma pesquisa aprofundada.

Através do HCD, propostas e direcionamentos foram levantados. A ideia é que com o método seja possível identificar pontos de atuação e desenvolver protótipos viáveis de objetos e/ou ações que impactem positivamente na melhora do problema identificado.

Os alunos dividiram-se em 4 grupos, cada um trabalhando para buscar informações em fontes diferentes, determinadas durante a reunião. Um novo questionário foi preparado em conjunto, agora com o assunto específico do lixo na cidade. Com os resultados coletados, novos encontros e o desenvolvimento do projeto devem acontecer durante o ano de 2020. O trabalho ainda corre em andamento.

Fotos 21/10/19